logo_avt6
Dani Sperle transformou uma calcinha branca num pedaço de fantasia em homenagem ao Vasco

Dani Sperle transformou uma calcinha branca num pedaço de fantasia em homenagem ao Vasco

Superstição pode não ganhar jogo, mas está sempre presente no futebol. Muitos torcedores têm um amuleto e não assistem a um jogo sem ele. A modelo vascaína Dani Sperle é dessas, mas sua peça da sorte é bem diferente. Musa da União da Ilha, a morena transformou uma calcinha num pedaço de fantasia de escola de samba que tem o Vasco como enredo. Uma tática para o Cruzmaltino vencer o Botafogo na final da Taça Guanabara, neste domingo.

— Coloquei até brilho na calcinha para o Vascão brilhar na final — disse Dani, que jura usar a calcinha toda enfeita no estádio futuramente — Por baixo da roupa, ninguém vai ver.

Dani Sperle garante que vai usar a calcinha nos estádios: "Por baixo da roupa, ninguém vai ver"

Dani Sperle garante que vai usar a calcinha nos estádios: “Por baixo da roupa, ninguém vai ver”

Dani Sperle usava a calcinha branca nos principais jogos do Vasco. O brilho e a cruz de malta recém-colocados, segundo ela, não vão dar azar.

— Tenho certeza que a torcida do Vasco vai passar muita energia positiva para a minha calcinha — afirma a musa, supersticiosa não só com futebol: — Sou muito supersticiosa no dia a dia. Tenho uma tatuagem do número sete, o meu número da sorte, e costumo usar um cordão com uma figa — diz.

sperle-2

Fonte: Coluna Retratos da Vida – Extra Online

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *