logo_avt6

O Vasco oficializa no início da próxima semana a rescisão de contrato com o CFZ, clube de Zico e alugado desde o ano passado para treinamentos até o final de 2013. Mesmo com o vínculo em vigência, a diretoria firmou compromisso com o Centro de Educação Física da Marinha (Cefan) até janeiro de 2014. O rompimento acarretaria em uma dívida de R$ 360 mil, porém, a amizade entre o maior ídolo da história do Flamengo e Roberto Dinamite aliviou os cofres de São Januário.

O Vasco considerou o Cefan apropriado como uma das sedes de treinamento enquanto o projeto para a construção do CT com a prefeitura está em andamento. Inclusive, uma reunião da administração com membros do governo municipal será realizada também na próxima semana. Na avaliação do diretor executivo René Simões, o local possui a estrutura necessária, não apenas campos e vestiários.

“Vamos pagar por mês R$ 20 mil de aluguel e outros R$ 5 mil de manutenção. O custo do CFZ era de R$ 30 mil, mas agora teremos piscina, caixa de areia, musculação, fisioterapia e acesso aos aparelhos para testes isocinéticos e eletroterapia. Além disso, o gramado de São Januário será poupado. Não me parece que tem ônus. Dei uma lida no contrato. O Vasco gastou um dinheiro em algumas reformas, mas não posso deixar de proporcionar qualidade e comodidade aos jogadores”, afirmou o dirigente.

Mas a situação para a rescisão contratual é um pouco diferente. Segundo Bruno Coimbra, filho de Zico e presidente do CFZ, o Vasco teria de pagar o valor do contrato até o fim para o rompimento. O responsável pelo local se mostrou chateado com a atitude do Cruzmaltino ao anunciar o caso na imprensa, mas deixou claro que a amizade entre Zico e Roberto Dinamite soluciona a questão sem maiores problemas.

“Soubemos de tudo pela imprensa. Todos vieram aqui na hora de fechar o contrato e agora a situação foi colocada desta forma. Existe um contrato até o final do ano e sem cláusula de saída. Mas isso significa que o compromisso teria de ser honrado até o final. Recusei duas ofertas para ceder o espaço em março. Esse tipo de atitude complica, pois deveriam ter dado uma satisfação. O Vasco não está devendo e a questão também não vai para a Justiça. Meu pai [Zico] e o Roberto Dinamite são muitos amigos. Não vejo qualquer possibilidade de novos problemas”, comentou Bruno.

Inclusive, a diretoria do Vasco já começou a desocupar as dependências do CFZ. A expectativa é a de que a transferência seja concluída nas próximas semanas. Enquanto substitui o local de treinamentos no Rio de Janeiro, o Cruzmaltino já deixou acordado verbalmente o compromisso para a realização da pré-temporada na cidade de Pinheiral, interior do Rio de Janeiro, pelos próximos cinco anos. A preparação foi feita no local em 2013 e agradou dirigentes e profissionais pela estrutura do CT João Havelange.

Fonte: UOL

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *